O papel da governança e seus efeitos será discutido no XII Encontro dos Dirigentes dos Fundos de Pensão

O segundo painel do XII Encontro dos Dirigentes de Fundos de Pensão no Hotel San Marco, em Brasília, será o “Papel da governança e seus efeitos para a fiscalização dos fundos de pensão”, com o jurista Fábio Junqueira de Carvalho. “É fato conhecido que a fiscalização da Previc vem sendo bastante rígida nas análises das condutas dos gestores e profissionais dos fundos de pensão o que acaba, por vezes, resultando em processos administrativos”, alega o jurista.

A palestra analisará como a Governança no processo decisório pode ser uma ferramenta de proteção para os dirigentes, em especial quando considerados os cenários que respaldam a tomada de decisão. O objetivo é demonstrar que a gestão baseada em risco fornece um suporte técnico para a decisão, que evita que o órgão fiscalizador utilize um cenário futuro e desconhecido à época do processo decisório, para fundamentar eventuais autos de infração.

Confira a programação

Scroll To Top