Artigo| Com governo que tripudia sobre mortos, expectativa de vida recua no país

De: 4 de maio de 2021 Notícias

É inacreditável a capacidade de membros do governo de reagir de maneira monstruosa diante do sofrimento da população com a crise sanitária

Dois estudos publicados nas últimas semanas comprovam a queda vertiginosa da expectativa de vida da população brasileira em consequência das mais de 400 mil vidas abreviadas pela covid-19. Um deles, elaborado em conjunto pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e pela Universidade de Harvard, mostra que em 2020 houve queda de 1,94 ano na expectativa de vida ao nascer. Outro, da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados Estatísticos, a Fundação Seade, mostra que a população do estado de São Paulo, o mais rico do Brasil, viverá um ano a menos – em vez de 76,4 anos, só 75,4. Este é mais um efeito das mortes precoces trazidas pela pandemia. Em novo artigo na Rede Brasil Atual, José Ricardo Sasseron analisa os impactos desta queda na seguridade social e perversidade do governo frente a este cenário. Leia o texto completo aqui.

Deixe uma resposta

Scroll Up