Artigo: Previdência privada vendida pelos bancos têm muito pouco de previdência

24 de Novembro de 2020

São Paulo – Estudo comparativo divulgado recentemente pelo Ministério da Economia mostra que, enquanto os fundos fechados (EFPC), patrocinados pelas empresas para seus funcionários, pagaram R$ 56 bilhões em benefícios de aposentadoria e pensão para 858 mil participantes em 2019. Já os fundos abertos de previdência privada vendidos pelos bancos e seguradoras a seus clientes, pagaram no mesmo ano R$ 3 bilhões a somente 64 mil pessoas que conseguiram se aposentar pela previdência privada. Os fundos fechados tinham 3,2 milhões de participantes e os abertos, 13 milhões. Leia aqui íntegra do artigo assinado por José Ricardo Sasseron, ex-presidente da Anapar, publicado no portal Rede Brasil Atual, inaugurando nova parceira editorial.

Whatsapp