Carta aberta aos trabalhadores da Eletrobrás

17 de Março de 2021

No dia 04 de março, cerca de 300 pessoas estiveram reunidas para debater o futuro dos fundos de pensão frente aos processos de privatização e o impacto para os trabalhadores da Eletrobras, em seminário organizado pela Anapar, com o apoio dos trabalhadores representantes de associações e sindicatos que compõem o Coletivo Nacional dos Eletricitários, Federações (FNU, FURCEN, FRUNE) e confederações (CNU)  bem como os Participantes e Assistidos dos Fundos de Pensão da Eletrobras e suas subsidiárias (Furnas, CGTEletrosul, Eletronorte, Cepel, Eletronuclear e Chesf). Ao final do seminário, os participantes elaboraram uma carta aberta aos trabalhadores da Eletrobras, na qual alertam que o processo de privatização em curso, somado às mudanças propostas pela Resolução CGPAR nº 25 e da discussão orientada por parte da Holding Eletrobras, que no início deste ano abriu processo de contratação de empresa para realizar estudos que visem a economicidade da administração das suas seis Entidades Fechadas de Previdência Complementar, solicitando inclusive a criação de possíveis cenários a serem implementados, por meio do Pregão eletrônico DSS nº 01/2021, poderá impactar diretamente a vida dos mais de 100 mil participantes, assistidos e dependentes dos seis fundos de pensão das empresas ligadas à Holding Eletrobras.

Diante disso, os trabalhadores representados pelas associações e pelos sindicatos que compõem o Coletivo Nacional dos Eletricitários, Federações e Confederações entendem que a força para reverter mais essa agressão aos direitos e conquistas dos trabalhadores está na mobilização desse segmento atingido por tais ameaças. A expressão massiva dos participantes e assistidos de EFPC, que foram a maioria dos 310 participantes inscritos neste seminário, demonstra a insatisfação com as iniciativas adotadas pelos patrocinadores e deixou clara a posição contrária à privatização da Holding Eletrobras e aos potenciais prejuízos individuais e coletivos advindos desse processo. Acesse aqui a carta aberta, baixe e compartilhe. Junte-se a nós nesta luta! carta aberta aos trabalhadores da eletrobras

Whatsapp