Conjuntura prejudica planos BD e sistema estuda saídas

21 de Janeiro de 2022

Desde o início da pandemia a Anapar tem manifestado preocupação com resultados dos planos que tenham como consequência equacionamentos. Ainda em 2020, apresentou uma série de propostas no Conselho Nacional de Previdência Complementar (CNPC), com o intuito de minimizar eventuais prejuízos não apenas aos participantes e assistidos, mas ao sistema como um todo. As propostas não chegaram a ser analisadas pelo colegiado.

No fim de 2021, na última reunião do CNPC do ano, a Anapar demonstrou novamente preocupação com eventuais déficits em planos de benefício definido (BD), em decorrência da alta da inflação e da baixa rentabilidade dos investimentos, e sugeriu o adiamento, por um ano, dos possíveis equacionamentos diante deste cenário.

O que há de novidade sobre este tema é que Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp) também vem a público manifestar a mesma preocupação já externada pela Anapar em diversas oportunidades e em vários fóruns. Com esse reforço e com a possibilidade de envolver outros atores do sistema no debate entendemos que seja possível encontrar uma solução que seja favorável aos participantes das entidades de previdência complementar, encontrar saídas para este momento de crise, bem como, rastrear os reais motivos dos déficits dos planos.   

Leia aqui matérias publicadas sobre o assunto:

Preocupação com déficits é debatida no CNPC

Inflação e baixa rentabilidade prejudicam planos BD

Anapar apresenta propostas para minimizar os impactos da pandemia nos planos de benefícios

 

Veja aqui as propostas da Anapar para minimizar as perdas dos participantes

Whatsapp