Forluz: Nova Marca

De: 2 de dezembro de 2013 Clipping

Um símbolo que valoriza as pessoas

A nova marca da Forluz está sendo lançada nesta primavera. E este é um momento significativo na vida da Fundação e de nossos participantes. A mudança surge da percepção de que sua imagem, associada à marca, precisava ser modernizada para se alinhar aos novos tempos, mais exigentes em tudo, inclusive em ações de comunicação e marketing. Mas, além disso, ficaria melhor se ela dialogasse com nossos associados. A modernização da marca buscou, sobretudo, tornar esse ícone mais humanizado e amigável ao seu público. “Nossos participantes vêm demonstrando no dia a dia e nas pesquisas grande respeito e confiança pela Forluz. Era fundamental a marca ser uma referência forte e refletir esse conceito conquistado em mais de 40 anos de existência”, revela o presidente da Fundação, Fernando Alves Pimenta.

Ancorada em sua origem, a marca quis demonstrar a força do mutualismo. Ou seja, o resultado da confiança depositada por seus associados, que se unem nesta causa por longos e longos anos, primeiro na fase contributiva e depois como beneficiário. No caso, a causa previdenciária – uma poupança de longo prazo –, que a entidade deve administrar com zelo e competência, tendo em vista resguardar o participante e sua família na aposentadoria.

Modernidade em Movimento
Nessa perspectiva, segurança, confiabilidade, perenidade e transparência foram atributos considerados no estudo realizado para a concepção da logo. O resultado procura traduzir qualidades e valores agregados à imagem da Fundação ao longo da sua história. E propõe uma nova perspectiva, sem, no entanto, esquecer a origem e a necessidade de reforçar a sintonia com seus associados.

Mais de 21 mil participantes ativos e assistidos vêm construindo a história da Forluz. Se juntarmos os familiares, são mais de 50 mil pessoas sob essa proteção. Atualmente, a Fundação possui dez patrocinadoras, mais de 12 bilhões em patrimônio e situa-se entre as oito maiores entidades do segmento no país. Um fundo com tal porte deve espelhar modernidade e perenidade, e estar atento às possibilidades de expansão.

Conceitos utilizados
Atributos como elegância, contemporaneidade e humanização foram trabalhados. “Foi mantida a cor laranja, que remete à luz, e investimos igualmente na ideia de futuro, de horizonte e iluminação (significando transparência), elementos representativos da Forluz e que se conectam sua procedência no setor elétrico. Com a adoção de círculos formando o horizonte, símbolo que retorna à marca, buscamos trazer dinamismo e movimento. E representam, também, o ciclo formado pela contribuição de cada participante, que depois se reverterá em beneficio”, explica o gerente de Comunicação da Forluz, Victor Correia.

Segundo Cacate Almeida, publicitária responsável pelo desenvolvimento da marca, a identidade visual de uma organização não se restringe à simples aplicação da logo. “São utilizados recursos e elementos diversos para criar um universo de percepções que representem os valores da empresa. Esses elementos foram reunidos harmonicamente para se chegar ao resultado desejado”, esclarece.

A marca na história
A primeira marca da Forluz foi criada na década de 70, pelo então presidente Daltro Duarte Nunes. “Achamos que já era hora da Forluz ter uma marca. Então, eu mesmo a desenhei”. A junção das letras “f” e “s” estilizadas no centro de um círculo vermelho procurava remeter ao nome da Fundação. O “f” simbolizando a primeira parte, “Fundação Forluminas”, e o “s” representando a outra metade, “Seguridade Social”.

Em meados de 1982, a Forluz lança concurso e escolhe nova logo. O círculo continua presente.

Em 1997, a marca da Fundação foi atualizada, ganhando a forma atual em itálico com sombra e degradê.

Agora, em 2013, surge a nova marca. Daqui em diante, ela estará presente na comunicação e no dia a dia da Forluz. Clique aqui e veja a vinheta de lançamento da nova marca.

Fonte: Forluz/AssPreviSite

Scroll Up