Processo de fechamento de agências bancárias continua na pandemia

De: 26 de maio de 2020 Notícias

A pandemia do novo coronavírus vai acelerar mudanças no mercado de trabalho não apenas no Brasil, mas no mundo. Em entrevista ao Canal Previdência, programa da Anapar na TV 247, a presidenta da Contraf-CUT, Juvandia Moreira, falou do processo de fechamento de agências bancárias, que foi já estava em curso e continuou mesmo com a crise sanitária. Como os sindicatos negociaram suspensão de demissões durante este período, os empregados das agências fechadas estão sendo remanejados para outras agências, para recompor equipes desfalcadas em virtude de contaminação de trabalhadores. De acordo com ela, dois terços dos bancários está hoje em regime de teletrabalho e até agora foram confirmadas 14 mortes de bancários por covid19.

Juvandia questionou, ainda o decreto que estabeleceu as regras de cadastro e recebimento do auxílio emergencial do governo federal. “Como eles colocam praticamente metade da população para receber o auxílio apenas na Caixa? Os empregados da Caixa estão sobrecarregados. Quem não conseguia se inscrever, quem não sabia como fazer, não tinha celular ou internet, corria para a Caixa, em busca de ajuda. Além disso, já havia um processo de redução no número de agências e, com os PDV, menos gente para atender a população.”

Assista à entrevista completa aqui 

Deixe uma resposta

Scroll Up