“Se uma operação deu prejuízo, não quer dizer que ela foi ilegal”

De: 2 de março de 2020 Notícias

Há anos, em todas as discussões sobre investimentos às quais têm promovido, os dirigentes da Anapar têm explicado a diferença entre um investimento que não obteve o resultado esperado (por questões conjunturais, entre outras) e má gestão. No passado recente, muitas operações de fundos de pensão foram criminalizadas em função de prejuízos, gerando desconfiança da sociedade e dos participantes, e reforçando ainda mais o discurso a favor do sistema aberto de previdência complementar (bancos, no geral) em detrimento do fechado.

Em recente entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o presidente do BNDES, Gustavo Montezano, afirmou que avaliar resultados de investimentos apenas pela ótica financeira “não é a forma mais adequada”. Segundo ele, “se a operação deu lucro ou prejuízo não quer dizer que foi legal ou ilegal”. “Prejuízo eventualmente faz parte do negócio […]. A lucratividade é uma visão parcial que pode levar a uma conclusão errada”, disse.

“Esta entrevista corrobora o que temos falado pela Anapar. O risco existe, faz parte do negócio. São muitos elementos envolvidos na análise dos resultados de um investimento”, ressaltou Antônio Bráulio de Carvalho, presidente da entidade.

Deixe uma resposta

Scroll Up