SUS e saúde suplementar de autogestão na TV 247

De: 10 de dezembro de 2019 Notícias

O último programa na TV 247, resultado de parceria entre Anapar e Brasil 247, trouxe para o debate o SUS e a saúde suplementar com o médico Albucacis de Castro Pereira. A entrevista, concedida à jornalista Gisele Federicce e ao especialista em previdência complementar Ricardo Sasseron, Albucacis traçou um histórico da saúde pública no Brasil, da criação do Sistema Único de Saúde e suas formas de financiamento até chegar no estrangulamento que vimos hoje, com o congelamento dos recursos para a saúde com a Emenda Constitucional 95 (do teto de gastos) e da nova resolução que altera a forma de distribuição de recursos para o SUS (veja matéria publicada pela Anapar semana passada – https://bit.ly/2LC1bV9).

De acordo com o médico, nos últimos anos a rede privada de planos de saúde perdeu cerca de 5 milhões de usuários, que hoje pressionam o sistema público, entre os quais muitos aposentados que perderam seus planos depois que romperam os vínculos com os empregados e o custo da saúde privada ficou inviável dentro da nova realidade orçamentária do período de pós-trabalho

Nos planos de saúde de autogestão, sem fins lucrativos, constituídos por empresas ou entidades de classe para grupos fechados de pessoas, a relação é diferente. Enquanto nos planos de saúde privados com fins lucrativos cerca de 13% dos usuários têm acima de 60 anos, nos planos de autogestão o percentual varia entre 23% e 27%. “O custo médio é muito menor no sistema de autogestão. O sistema é solidário e temos o pacto intergeracional, em que os mais jovens pagam um percentual um pouco mais e os idosos menos”, explica Albucacis.

Outra vantagem dos planos de saúde de autogestão, como a Cassi e o Saúde Caixa, por exemplo, que hoje estão sob ataque das resoluções da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da União (CGPAR) 22 e 23, é que eles estão muito mais próximos ao beneficiário do que as operadoras que visam lucro. E isto facilita a gestão da saúde do beneficiário, com redução do custo, com melhoria da qualidade de vida e de atendimento. “Além disso, participante de um plano de autogestão conhece perfeitamente onde está sendo gasto seus recursos, enquanto no outro sistema ele não tem a menor ideia”, afirma o médico.

Para assistir a entrevista na integra, acesse https://bit.ly/2RAbI6V

Veja também os demais programas em parceria com a TV 247 e acompanhe nossos informativos e nosso perfil no Facebook para saber da programação de 2020:

Paulo Paim – https://bit.ly/2E21LaA

Paulo Zaluth Bastos – https://bit.ly/38onbwg

Carlos Gabas – https://bit.ly/2PuptBy

Amir Khair – https://bit.ly/36gBdOL

Ladislau Dowbor – https://bit.ly/36kgGZM

Deixe uma resposta

Scroll Up
WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de atendimento está on-line. Preencha os dados abaixo e Fale Conosco!
👋 Olá, como posso ajudar?